segunda-feira, 5 de outubro de 2009

panfletagem

Faça Sol ou faça chuva, a pé ou de bicicleta, participem poucos ou muito poucos(...), a equipa de trabalho é sempre dinâmica! No final das acções de ruas há que repôr energias...
Entretanto, cá vamos fazendo o nosso trabalho de dar a conhecer as nossas ideias e o programa que temos para a freguesia. Até agora a reacção da população tem sido muito positiva, incentivando-nos a dar voz aos Santaclarenses, estando connosco na análise dos problemas e nas acções que apresentamos.
Falta o voto (!) nas urnas dia 11 de Outubro...







terça-feira, 29 de setembro de 2009

Santa Clara - debate público

Na quinta-feira, dia 1 de Outubro pelas 21horas e 15 minutos irá decorrer no Gimnodesportivo do Clube de Futebol de Santa Clara um debate público, com representantes de todas as listas candidatas à Assembleia de Freguesia, sobre as propostas para os problemas de Santa Clara, promovido pela Associação de Amigos da Margem Esquerda – Santa Clara.
A moderação do debate será da responsabilidade da AME – Santa Clara.
...
Lá estarei para expôr as nossas ideias e
detalhar as nossas propostas para a freguesia.
...
Aqui fica o convite para estarem presentes.

...em crescendo!

Fotografia de Jorge Martinho

O BE em Santa Clara é uma força política em crescendo desde que concorre a eleições.
Em 8 anos quadruplicámos o nosso eleitorado!
Passámos de 210 votos (3,96%) em 2002 para 805 votos (14,77%) em 2009!

Somos pela 3ª vez a 3ª força política na freguesia!
Em BLOCO conseguimos mudar!

Continuem a contar connosco!

Resultados das eleições legislativas em Santa Clara:
PS - 1849 - 33,92%
PSD - 1546 - 28,36%
BE - 805 - 14,77%
CDS - 523 - 9,59%
CDU - 421 - 7,54%

domingo, 27 de setembro de 2009

O meu Choupal...

Ao percorrer a mata do Choupal entrando por caminhos não frequentados, fiz questão de fazer uma “odisseia” para sentir a mãe que nos dá a vida e cor, tão desprezada e sofrida. Será que um pensamento consegue fazer a diferença em actos…? Ao tocar numa folha macia, toda a minha essência libertou um único desejo transmitido pela nossa mãe: Preservem, lutem, zelem por toda esta cor. Eu preciso desta magia na minha vida que me faz encontrar o meu equilíbrio e harmonia. Basta sentir… o abraço apaixonado da mãe Natureza!

Texto de Rui Costa (Santa Clara)

Ideias para uma Freguesia mais bonita

Deixo aqui um desafio a tod@s:
Recolher ideias para uma Freguesia (Santa Clara) mais bonita!

Ideias sobre tudo mas sempre ideias para uma Freguesia mais bonita e voltada para os Santaclarenses. Por mais utópicas que possam parecer...

E que tal a reconstrução???

É um desalento enorme viver em Santa Clara e ver a destruição dos espaços verdes com obras desnecessárias, numa cidade onde ainda estão por ocupar centenas de fogos.
Progresso e desenvolvimento não são sinónimos de construção desmesurada de edifícios enfeitados com placasMeses e meses a fio!!!

E que tal a reconstrução???

sábado, 26 de setembro de 2009

...dá para entender?

O depósito de água é ... lindo!...... verdadeiro farol urbano.
...e a rotunda dá mto jeito para resolver o imenso trânsito!......
...já agora adivinhem onde fica o Lídl , o Mercado e a Escola, o cemitério.....
...como estão a ver não há espaço para ampliar o cemitério porque não deixaram espaço para o ampliar! ... tal como para o Mercado ou a Escola ou paragens de autocarro devidamente localizadas!
Fotos de Luis Afonso

Rotunda = espaço público? / espaço público ou rotunda?



Quando me dizem que não há hipótese de ampliar a Escola das Almas, que não há hipótese de melhorar e ampliar o Mercado das Almas, que não há hipótese de melhorar a localização e abrigos das paragens de transportes públicos… fico a pensar...
Bem sei que o espaço público ‘disponível’ não abunda, nem dinheiro mas... quando vejo ‘investimentos’ em grandes rotundas, com tratamentos urbanísticos duvidosos ou desinseridos… fico a pensar...
Mas para que raio serve a dimensão ‘avantajada’ desta rotunda? Para que servem estes ‘espaços verdes’ sobrantes e enlatados no meio do trânsito? …Ou os que se deixam ao abandono sem qualquer equipamento que lhe dê sentido, senão o de levar o cão a fazer xi-xi? …E onde ficaram localizadas as paragens de autocarro? Ahhh… não havia espaço? Fica para a próxima? ...
O problema não é a falta de espaço/terrenos ou de financiamento para os investimentos públicos. O problema é a falta de planeamento urbano adequado. O problema é que o planeamento que tem sido feito se deixa “ultrapassar pelos acontecimentos” sem salvaguardar os interesses públicos mais básicos.
Com tanta ‘falta de espaço’ não faria sentido outro tipo de intervenção? Uma intervenção que resolvesse os problemas de circulação automóvel, com certeza! Mas que resolvesse também a localização adequada das paragens de transportes públicos e dos passeios; Que enquadrasse os espaços verdes com o Mercado, a Escola e as zonas residências envolventes, permitindo uma utilização mais abrangente e dinâmica.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Manifesto Eleitoral

em BLOCO conseguimos mudar
é o lema da nossa campanha eleitoral

em BLOCO conseguimos mudar

APOIO SOCIAL E SOLIDARIEDADE
Defendemos uma verdadeira política solidária e humanista, de apoio à infância, aos jovens e aos idosos, mas também a todos e a todas as que se encontram em situações precárias.
A partir dos diagnósticos sociais das freguesias e das cartas de intervenção social deverão criar-se prioridades de intervenção das Juntas de Freguesia, contrariando a lógica do apoio casuístico. Queremos tornar Santa Clara uma Cidade Amiga do/a Idoso/a, no que diz respeito à inclusão, ao apoio comunitário e de serviços de saúde, ao combate ao isolamento, à comunicação e informação, aos espaços públicos e à edificação, ao ambiente e espaços verdes e de lazer, aos transportes e à segurança.
Propomos:
- A realização de uma campanha contra todas as formas de violência (doméstica, contra mulheres, crianças e idosos, criminalidade).
- Lutar por uma política de apoio à terceira idade, nomeadamente estabelecendo programas domiciliários de apoio a idosos e a criação de centros de dia para idosos.
- Reutilização da antiga escola do Rossio como centro social.

em BLOCO conseguimos mudar

GOVERNO LOCAL E PARTICIPAÇÃO
A freguesia é um território com uma escala privilegiada para a educação para a cidadania e para a intervenção cidadã. A qualidade da governação local é também o resultado da qualidade da participação de todos os cidadãos. Daí o propormos a implementação de Orçamento Participativo, no qual os cidadãos poderão ter uma participação muito directa.
Propomos:
- A criação de um Orçamento Participativo para a freguesia, em que os cidadãos podem influenciar ou decidir sobre uma parte do orçamento.
- A publicação, no site da Internet, das actas das sessões da Junta e Assembleias de Freguesia e das datas e ordem de trabalhos das respectivas sessões, promovendo a participação dos cidadãos.
- Oferecer acções de sensibilização em domínios como a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres, cuidados de saúde primários e utilização da internet.

em BLOCO conseguimos mudar

EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO
A recente reestruturação do parque escolar veio agravar ainda mais os problemas existentes. A Junta de Freguesia deverá ter um papel fundamental na defesa das condições de ensino, boas acessibilidades e transportes públicos.
Os ganhos e benefícios com a organização da Feira Popular, pela Junta de Freguesia, são poucos ou nenhuns… Essas energias deverão antes ser canalizadas para a promoção de eventos diversificados e de qualidade em espaços públicos da freguesia, nomeadamente o Parque Verde e o Largo do Convento de Santa-Clara-a-Nova.
Propomos:
- Dar prioridade à generalização do acesso ao ensino pré-escolar e à existência de creches e jardins-de-infância públicos.
- Criação de ateliers, em parceria com as escolas da freguesia, para actividades extra-escolares nos períodos de férias;
- Desenvolver programas estruturados de promoção do desporto para tod@s, nomeadamente com a construção de “Parque das Gerações”, constituído por três valências: Parque Infantil, Parque Juvenil e Parque Sénior;

em BLOCO conseguimos mudar

REDE VIÁRIA E TRANSPORTES
Circular hoje, a pé ou de carro, na ‘baixa de Santa Clara’ é uma verdadeira aventura. Porque o automóvel tomou conta do espaço!
A rede viária existente serve apenas para tentar resolver problemas de trânsito nacional e regional, agravando seriamente o trânsito local. As ideias e propostas que defendemos passam por inverter esta situação, procurando resolver as acessibilidades locais em articulação com o trânsito regional e nacional, desviando-o para a periferia. A rede de transportes públicos padece de um problema de fundo que é a rede viária inadequada. Este facto acrescido da falta ou má localização de abrigos das paragens de autocarros obriga a uma intervenção mais abrangente.
Propomos:
- Exigir junto das entidades competentes o estudo e implementação de um Plano de Mobilidades para a Freguesia (automóvel, transportes públicos e peão)
- Reestruturação da rede viária na ‘baixa’ de Stª Clara, beneficiando e privilegiando o transito local, transportes públicos e a circulação pedonal.
- Abrigos nas paragens de transportes públicos.

em BLOCO conseguimos mudar

AMBIENTE URBANO E ESPAÇOS PÚBLICOS
É imperativo o estancamento imediato do crescimento desmesurado do espaço urbano, apostando na sua consolidação e na requalificação dos espaços públicos.
Um dos problemas que levam à falta de qualidade de vida das populações nas zonas periféricas da cidade é a falta de espaços ou edifícios públicos, dignos desse nome, que funcionem simultaneamente como centros de encontro e de ‘âncora’ ao desenvolvimento local. O que defendemos e desejamos é que se invista menos em rotundas e mais em espaços de utilização pública. Não gostamos de ouvir dizer que não há espaço para ampliar e melhorar o Mercado das Almas e da Escola, quando se perde tanto espaço e investimento na Rotunda das Almas... As nossas prioridades têm de ser outras!
Propomos:
- Requalificação e ampliação de Mercado das Almas.
- Plano de pormenor que salvaguarde a utilização pública da Cerca de Santa Clara-a-Nova e a encosta do Convento de S. Francisco.
- Redobrar os cuidados especiais na limpeza e manutenção da qualidade ambiental do espaço público (ruas, passeios, praças, espaços verdes e de lazer) e privado.

em BLOCO conseguimos mudar

A nossa IDEIA ESTRATÉGICA para a freguesia de Santa Clara pretende dar respostas concretas às dificuldades e preocupações dos Santaclarenses. Esses grandes problemas, sentidos quotidianamente pela população, são a falta de Qualidade Ambiental e de Espaços Públicos; a péssima Rede Viária e a deficiente rede de Transportes Públicos; o desajustado Parque escolar; a falta de Apoio Social adequado. É nessa linha de pensamento que a nossa candidatura se apresenta: dando voz aos problemas dos Santaclarenses e contribuindo com propostas para a melhoria da qualidade de vida.
­Consideramos que é possível tornar a Junta de Freguesia mais ouvida perante os restantes órgãos de poder local, mais próxima dos seus cidadãos, mais transparente na sua acção e mais afirmativa na sua intervenção.
http://coimbra.bloco.org/

Lista candidata

1. Jorge Martinho, 51 anos, Arquitecto
2. Isabel Rodrigues, 42 anos, Assistente Técnica Administrativa (Independente)
3. Miguel Cardina, 31 anos, Investigador
4. Carlos Fernandes, 43 anos, Administrador Hospitalar
5. João Rodrigues, 40 anos, Técnico de Saúde Ambiental (Independente)
6. Cristina Silva, 48 anos, Comerciante (Independente)
7. Luís Franklim Marques, 31 anos, Psicólogo
8. Paulo Corte Real, 45 anos, Professor (Independente)
9. Maria Madalena Duarte, 30 anos, Investigadora (Independente)
10. Carlos Braga, 36 anos, Consultor Comercial (Independente)
11. Luís Dinis, 43 anos, Empregado de Mesa (Independente)
12. Maria Augusta Simões, 48 anos, Enfermeira (Independente)
13. Pedro Cruz, 40 anos, Soldador (Independente)

14. Silvia Maria Dias Ferreira, 41, Docente (Independente)
15. António Manuel Marques, 37, Consultor Imobiliário (Independente)
16. Carla Maria dos Santos Silva, 34, Médica (Independente)
17. Maria Sofia Leite Lucas Martinho, 19, Estudante (Independente)
18. Maria José Canelo (Independente)

terça-feira, 22 de setembro de 2009

É contra isto!


...é contra este conceito de 'cultura urbana' do 'assim desenrasca', digno de outras paragens, que nos debatemos! Aqui, a dois passos do centro da cidade.